domingo, 4 de novembro de 2012

Luli - 1965


01 – Peço Licença 
Walter Levita - Costa Júnior 
02 – Povo 
Dalton - Silveira
03 – Tristeza de Amar
Geraldo Vandré - Luis Roberto
04 – Cadê Meu Barracão 
Silveira - Dalton
05 – Canto da Plantação 
Luis Carlos Sá
06 – Missão 
Sidney Miller - Paulo Thiago
07 – Baleiro 
Luis Carlos Sá
08 – Samba da Aurora 
Luis Carlos Sá
09 – Em Tempo de Vida 
Luli
10 – Iná 
Mário de Castro
11 – Esta Favela Que Eu Amo 
Zé Keti - Paulo Thiago - Sidney Miller
12 – Sol 
Luli - Luis Fernando Borges

**********************************************************

Esse é o disco de estreia da Luli. É muito diferente dos demais que fez depois, seja em parceria com a Lucina ou solo. Aqui predomina uma tendência da época, a canção de protesto. Há uma preocupação com temas sociais, refletida numa certa estetização da miséria (ao gosto classemedianoengajadinho, sob a influência do realismo socialista nacionalista proposto pelos PC's de então). De todo modo um disco curioso, com canções de Luiz Carlos Sá, Vandré, Zé Keti e Sidney Miller, trazendo Luli numa performance elisetiana-bossanovista. 

O Homem Traça diz: ROAM! ROAM!



Esta favela que eu amo