domingo, 20 de outubro de 2013

Como é bom ser punk - Língua de Trapo - 1985


01 - Fraude
Laert Sarrumor
02 - Donos Do Mundo
Laert Sarrumor
03 - Deusdeti
Carlos Melo
04 - Country Os Brancos
Carlos Melo - Lizoel Costa
05 - Samba Enredo da TRP
Carlos Melo - Laert Sarrumor
06 - Como É Bom Ser Punk
Carlos Melo
07 - Os metaleiros também amam
Carlos Melo - Ayrton
08 - Força Do Pensamento
Carlos Melo
09 - Coquetel Beneficente
João Lucas
10 - Um Brasileiro Em Paris
Carlos Melo
11 - A Vingança Do Hipocondriaco
Carlos Melo - Celso Mojola
12 - Conspurcália
Laert Sarrumor
13 - Amor À Vista
Laert Sarrumor

Músicos
Laert - Guca - Domenico - Pituco - Carlos Castelo - Lizoel Costa - Luiz Lucas - João Lucas - Fernando Marconi - Ademir Urbina - Sérgio Gama

****************************

Em tempos de crise de regime, onde as instituições estão todas em questão, em cheque pelas manifestações de 2013, é impressionante se deparar com a atualidade das canções deste disco. Decerto que o LP foi notabilizado pelo hit do Festival dos Festivais, "Os metaleiros também amam", mas chamo atenção para atenção para a infeliz atualidade do "Samba enredo da TRP" (o R está propositalmente no lugar do F, lembremos que a censura ainda estava em desmonte em 1985), entre outras faixas recheadas de graça, crítica e a peculiar ironia do Língua de Trapo.

O Homem Traça diz: ROAM!



Como É Bom Ser Punk

Nenhum comentário: