domingo, 24 de novembro de 2013

Cry Babies - 1969



01 - It's My Thing
Isley Bros
02 - Kool & The Gang
Robert "Kool" Bell - Ronald Bell
03 - Daydream
Sylvain Vanholme - Raymond Vincent
04 - Hey, Blood

05 - Questions 67/68
Robert Lamm
06 - Blas Blas Blas Soul

07 - More Today Than Yesterday
Patrick Upton
08 - Caminhos Diabolicos (Evil Way)
Clarence "Sonny" Henry
09 - I'll Never Fall In Love Again
Lonnie Donegan - Jimmy Currie
10 - Midnight

11 - Good Golly Miss Molly
Robert Blackwell - John Marascalco

Músicos
Bass – Oswaldo
Bateria – Luiz Carlos
Congas – Carioca
Guitarra – Ovídio
Orgão – Sérgio Carvalho
Piano – Moacir
Sax e arranjos – Oberdan
Trombone – Serginho
Trompete – Paulinho
Vocais – Aldo, Rosana

***********************

Cry Babies é um LP raro e excepcional. Os músicos participaram de registros memoráveis da história do soul, do funk e do instrumental brasileiro, passando por bandas como Dom Salvador & Abolição e a Banda Black Rio. Oberdan também participou, ao lado de Raul de Souza e de Robertinho Silva, do grupo IMPACTO 8.

O repertório é massa, um disco de baile típico (nada a ver com os grupinhos de formatura atuais, arrg), muito competente! Tem soul e versões instrumentais de sucessos da época de origens variadas como a Banda belga Wallace Collection, a americana Chicago, o mexicano Santana, além das roupagens diversas das eternizadas por intérpretes como Little Richard, Creedence Clearwater Revival e Burt Bacharach.

Originalmente o disco foi disponibilizado pelo blog woodstocksound, em colaboração com o lpsbrazil, mas há muita obscuridade ainda, faltam-nos informações sobre a autoria de algumas faixas.

O Homem Traça diz, ROAM!



Blas Blas Blas Soul

sábado, 23 de novembro de 2013

Pastiche Nagô - Kiko Dinucci e Bando Afromacarronico - 2008


01 - Engasga Gato
02 - Padê Onã
03 - Samba Manco
04 - Rainha Das Cabeças
05 - Ressurreição
06 - João Carranca
07 - Mosquitinho De Velório
08 - Santa Bamba
09 - Tambú E Candongueiro
10 - Roda De Sampa


Músicos

Rafael y Castro - Bateria
Julio Cesar - Percussão
Railídia - Voz
Dulce Monteiro - Voz
Douglas Germano - Voz e cavaco
Kiko Dinucci - Voz e violão

***************

Kiko Dinucci não exatamente uma novidade (e essas prateleiras não são lá muito afeitas aos lançamentos recentes), desde o início dos anos 2000 é um músico que circula na produção independente em São Paulo e seus discos já estão na rede faz um tempo. Pastiche Nagô, por exemplo, começou a aparecer em EPs virtuais em 2007.

Kiko é um cara que mistura influências, veio do rock pesado, hoje mistura tudo com a africanidade e a música paulista. É assim que logo identificamos sotaques de mestres como Geraldo Filme, Itamar e Adoniran, entre outros. Portanto, seu repertório, inclusive nesse disco, dialoga com a tradição, o humor e a experimentação. E pra não dizer que o que esse Traça diz não é verdade, destaco o Samba manco. Aposto que os caros leitores me darão razão. Caso contrário, amputo minhas antenas!

O Homem Traça diz: ROAM!



Samba Manco

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

A voz do Coração - Virgínia Rosa - 2001


1 - Quero 
Thomas Roth
2 - Beleza Brutal 
Celson Fonseca - Ronaldo Bastos
3 - Folhas No Ar 
Élton Medeiros - Hermínio Bello de Carvalho
4. Pressentimento 
Élton Medeiros - Hermínio Bello de Carvalho
5 - Samba Da Pessoa Que Quer Ser Feliz 
Chico César
6 - Até A Lua 
Ana Maria Pires de Carvalho
7 - Qui Nem Jiló 
Luis Gonzaga - Humberto Teixeira
8 - A Voz Do Coração 
Celso Fonseca - Ronaldo Bastos
9 - Quase Um Segundo 
Herbert Viana
10 - Mãe Preta 
Piratini - Caco Velho
11 - São João Da-ra-rão 
Tradicional
12 - A Balada Do Cachorro Louco (Fere Rente) 
Lenine - Lula Queiroga - Chico Neves
13 - Pra Que 
Luis Melodia - Ricardo Augusto
14 - Pessoa Nefasta 
Gilberto Gil
15 - Vão 
Dante Ozzetti

Músicos
Virgínia Rosa - Mário Manga - Dino Barioni - Ari Colares

*******************

Virgínia começou a aparecer como vocalista na banda Isca da Polícia, de Itamar Assumpção, na década de 80. Em 1999 lançou o primeiro CD, "Batuque", produzido por Marcos Suzano. A Voz do Coaração é o segundo CD, gravado ao vivo, registra performances precisas e cheias de emoção de um repertório bem especial.

Destaco Mãe Preta, a pegada quase à capela é de arrepiar!

O Homem Traça diz: ROAM!



Mãe Preta 
Só um é muito só - Fábio Tagliaferri - 2003
Postagem original: 22/03/2008



01 - Silêncio
Fabio Tagliaferri - Luiz Tatit

Canta: Mônica Salmaso

02 -
Música de Frente
Fabio Tagliaferri - Manu Lafer

Canta: Ná Ozzetti

03 -
Esqueça
  Fabio Tagliaferri - Arnaldo Antunes
Canta: Arnaldo Antunes

04 -
Nós Seis
Fabio Tagliaferri - Luiz Tatit

Canta: Luiz Tatit

05 -
Safadinha
Fabio Tagliaferri - Manu Lafer

Canta: Virgínia Rosa

06 -
Choro a Dois
Fabio Tagliaferri - Manu Lafer

Canta: Ná Ozzetti

07 -
Música
Fabio Tagliaferri - Paulinho Moska

Canta: Paulinho Moska

08 -
Mais
Fabio Tagliaferri - Manu Lafer

Canta: Jeanne de Castro
09 -
Mergulhando
Fabio Tagliaferri - Tiago Torres

Canta: Rodrigo Rodrigues

10 -
Show
Fabio Tagliaferri - Luiz Tatit

Canta: Ná Ozzetti
11 -
Um Drink no Inferno
Fabio Tagliaferri - Inacio Zatz

Canta: Márcia Lopes


Músicos
Edmilson Capetupi - Fábio Torres - Fábio Tagliaferri - Swami Jr. - Adriano Busko - Mané Silveira - Miltinho - Mário Manga - Camilo Carrara - Sylvio Mazzucca Jr. - Maria Vidigal - Paulo Freire - Toninho Ferragutti - Alex Braga - Luiz Amato - Laércio Diniz - Anderson Rocha - Alexandre Mazak - Adriana Schincariol - Marisa Silveira - Ana Maria Chamorro - Adriana Holtz - Kiko Moura - Belina Stegman - Rodrigo Rodrigues - Miguel Briamonte - Nahor Gomes - Bill - Paulo Oliveira - Joca Araujo - Ubaldo Versolano


******************************

Fábio Tagliaferri
é daqueles músicos que estão sempre com o que há de melhor na produção musical em São Paulo, participando do que é mais lírico ao experimental. Passou pelo Rumo, pelo humor do Música Ligeira. Segue sua carreira como violista, popularizando a viola de arco chegou a ganhar uma das edições do Prêmio Visa de Música Instrumental.

"
Só um é muito só" é um belíssimo álbum desse instrumentista e arranjador paulistano, que se revela um compositor de melodias apuradas e íntegras. No repertório, estão presentes, valsas transparentes, choros, baiões, baladas e canções que inspiraram a imaginação dos letristas Luiz Tatit e Manu Lafer, Paulinho Moska, Arnaldo Antunes, entre outros. Vale apena conferir, as pérolas, "Esqueça", "Silêncio" e "Música".

O Homem Traça diz: ROAM!


Choro a dois

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Quarteto Negro - 1987




1 - Folôzinha
Marku Ribas - Reinaldo Amaral
2 - Sobre as ondas
Jorge Degas
3 - Merengue
Adler São Luiz
4 - Festas de Xica
Paulo Moura
5 - Zumbi - A felicidade guerreira
Gilberto Gil - Wally Salomão
6 - Axé

7 - Brucutú
Jorge Degas - Djalma Corrêa
8 - Geisa
Roberto Guima
9 - A Quelé Menina
Djalma Luz
10 - Corta Jaca
Chiquinha Gonzaga
11 - Semba
Jorge Degas - Zezé Motta
12 - Lavadeira Blues
Paulo Moura
13 - Taisho-Koto
Djalma Corrêa


Músicos

Zezé Motta - Paulo Moura - Djalma Corrêa - Jorge Degas

********************
Este disco é um projeto para integrar a voz de Zezé, o sax e a clarineta Paulo Moura, as percussões de Djalma Corrêa, e o baixo solista e o violão de Jorge Degas por ocasião dos eventos do centenário da abolição em 1988.

Aqui encontramos a música brasileira da melhor qualidade, turbinada pelas performances de artistas comprometidos com as nossas origens africanas. O Quarteto Negro foi capaz de sintetizar a música contemporânea brasileira, reunindo três extraordinários instrumentistas e os vocais excelentes de Zezé Motta.

Na versão original em LP são dez faixas, posteriormente, em CD, foram acrescidas outras três e modificaram a ordem das músicas. Como não tenho o CD, falta-me saber quem compôs a faixa "Axé".

Entre as faixas gravadas há a recriação de "Zumbi - A Felicidade Guerreira" - num registro em que o ritmo do alujá de Xangô foi estilizado pelo quarteto, com Djalma quebrando o elemento religioso e reorganizando o aproveitamento de atabaques e agogô rituais.
Um repertório rico, com várias influências - "Folozinha", por exemplo, é uma canção que mescla as formas das congadas de Minas, enquanto "Meregue" tem o ritmo caribenho e "Festas da Xica" é um painel de ritmos nordestinos e "Semba" é uma recriação quase pós-pop do semba (e não samba) angolano, que na Bahia virou o samba de recôncavo. Duas homenagens: "Geisa" e "Quelé Menina" homenagem a Clementina de Jesus misturando o candomblé angola da Bahia com o primitivo samba-carioca e o jongo. Finalmente o sempre erudito e Internacional Djalma Corrêa em "Taisho-Koto" faz um paralelo entre a escala nordestina e as sonoridades orientais (o taisho-koto é um instrumento japonês harmônico percussivo), na faixa mais livre e criativa de todas. (Texto adaptado daqui)

O Homem Traça diz: ROAM!

   

Zumbi - A felicidade guerreira


terça-feira, 19 de novembro de 2013

Programa Criatura de Sebo 16



Bloco Música Popular Brasileira

1 – Mãe preta
Dê: Piratini – Caco Velho
Por: Virgínia Rosa
Disco: A voz do coração
2001

2 – Zumbi
De: Gilberto Gil – Waly Salomão
Por: Quarteto Negro (Zezé Mota – Paulo Moura – Djalma Corrêa – Jorge Degas)
Disco: Quarteto Negro
1987

3 – Negro é lindo
Jorge Ben
Disco: Negro é Lindo
1971

4 – Negro gato (Three cool cats)
Leiber- Stoler – The Coasters
Versão de Getúlio Cortes
Por: Luiz Melodia
Diaco: Nós
1981

5 – Vá cuidar da sua vida
De: Geraldo Filme
Por: Itamar Assumpção
Disco: Pretobras
1998


Bloco Música Instrumental

6 – Blá blá blá soul
Disco: Cry Babies
1969

7 – Zambeze
Dom Um Romão
Disco: Dom Um
1964

8 – Lamento de Exú
Baden Powell
Disco: Os Afro Sambas
1966

9 – Que fazer
De: Codona
Por: Codona (Naná Vasconcelos, Don Cherry e Collin Walcott)
Disco: Codona 2
1980

Bloco Progressivo


10 – El Negro

Arco Iris
Disco: Sudamerica
1972

11 – Despiertas
Genesis
Disco: Genesis
1972
Uruguai

12 – Matança do porco
Som Imaginário
Disco: Matança do Porco
1973

13 – Curtíssima
Módulo 1000
Disco: Não fale com as paredes
1972

Bloco Rolê pelo Mundo


14 – Invocation a Haiti

(lamento Vodu – Folclore)
Marta Jean Claude
Disco: canto Popular de Haití
1980
Haiti

15 – Bumbo
Disco: Voodoo Trance Music Ritual Drums of Haiti
1974
Haiti

16 –- La culpa (milonga)
Dúo Raíces
Rómulo Mesones
Duo Raizes
2013
Uruguay

17 – Via Volvé
No te va gustar
Disco: Solo de noche
1999

Bloco Prateleiras Amigas

18 – Half Nelson
Miles Davis
Disco: Workin’ whit Mile Daves Quintet
1956

19 – Bahia
De: Ary Barroso
Com: John Coltrane
1958

20 – Body And Soul
Dexter Gordon
Disco: Round Midnight
1986

21 – Freddie Freeloader
De: Miles Daves
Por: Stanley Jordan
Magic Touch
1985

*************************

O Homem Traça diz: ROAM!


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Benedito - Jonathan Silva - 2007


1- Desatadora dos Nós
Jonathan Silva
2- Ciranda pra Janaina
Jonathan Silva - Kiko Dinucci
3- Jongo da Manuela 
Jonathan Silva
Santo Antônio de Catigeró
Kiko Dinucci
4- Anjo Protetor 
Kiko Dinucci - Jonathan Silva
5- Divino Baião 
Jonathan Silva - Adriane Rivero
6 - Milome 
Jonathan Silva
Para Jaceguay Lins
7- São Pedro e São Miguel 
Domínio Público - Banda de congo "Amores da Lua" - Congo do Espírito Santo 
8- Tempestade 
Kiko Dinucci - Jonathan Silva
9- Papel Sulfite 
Jonathan Silva
10- Aquela coisa que doía
Jonathan Silva 
11 - Encruzilhada 
Jonathan Silva
12 - Sara Sereia
Jonathan Silva
Quem Manda no Mar 
Domínio Público – Congo do Espírito Santo
13 - Casaca de Paletó 
Jonathan Silva
14- Farra 
Jonathan Silva
Amanhã é Dia Santo 
Domínio Público - Banda de congo "Amores da Lua" - Congo do Espírito Santo 
Para Ney Mesquita
15- Ladainha 
Jonathan Silva
Toada de Jongo de São Mateus 
Domínio Público
16- Janaina Preta 
Jonathan Silva

Músicos
Jonathan Silva: Voz, Violão e Percussão
Filpo Ribeiro: Vocais, rabeca, viola caipira, violão e percussão
Dani Zulu: Vocais e percussão

Músicos Convidados
Gustavo Souza: Vocais, efeitos e pratos nas faixas “Divino Baião” e voz de “Preto Velho” em "Desatadora dos Nós”
Luciana Rizzo: Vocais e flauta transversal nas faixas “Desatadora dos Nós”, “Divino Baião”, “Papel Sulfite” e “Aquela Coisa que Doía”.
Railídia Carvalho e Dulce Monteiro: Vocais na faixa “Ciranda pra Janaína”
Karina Ninni: Vocais nas faixas “Ciranda pra Janaína” e “Ladainha/Toada De Jongo De São Mateus”
Adriane Rivero: Percussão na faixa “Farra/Amanhã é dia Santo”
Daniel Casulli: Vocais na faixa “Farra/Amanhã é dia Santo”; baixo e programações na faixa “Janaína Preta”
Gilberto Gasparetto: Percussão na faixa “Farra/Amanhã é dia Santo”
Micael Jor’el: Guitarras na faixa “Janaína Preta”
Carla Ribeiro: Palmas na faixa “Desatadora dos Nós”

Artistas Convidados
Isla Jai: Voz na faixa “Papel Sulfite” 
Juçara Marçal: Voz em “Anjo Protetor” e “Tempestade”
Kiko Dinucci: Violão na faixa “Anjo Protetor” e Voz em “Tempestade” 
Erenildes Rodrigues Honorato: Voz em “Ladainha/Toada De Jongo De São Mateus”

Produção e Direção Musical: Jonathan Silva e Daniel Casulli
Técnico de Gravação e Mixagem: Daniel Casulli - Ad Road Estúdio
Masterização: Renato Coppoli – Estúdio Zoing!
Arte e Projeto Gráfico: Adriane Rivero
Fotos: Paula Cinquette

As músicas “Desatadora dos Nós” e “Divino Baião” foram gravadas e mixadas por Beto Mendonça no Estúdio 185, no primeiro semestre de 2007.

DISCO CONTEMPLADO PELO PRÊMIO NEY MESQUITA 2007 DA COOPERATIVA DE MÚSICA DE SÃO PAULO.

*****************

Esse é um disco daqueles que queremos sempre reencontrar. Daqueles encontros de amigos, que em qualquer cafezinho, rendem um grande prazer. Cada faixa reflete a busca pela simplicidade, questão das mais complexas.

Jonathan é de Vitória - ES, está em São Paulo desde 1999, é ator e compositor, tem na cultura popular tradicional pontos de apoio para a sua produção. Esse é o seu terceiro disco, onde identificamos as marcas da ciranda, do jongo e do congo. Em seu canto há parcerias com o tradicional, apropriado com reverência, mas também experimenta outras vias, fundindo tudo no swing de Janaína Preta, reflete com primor o aprendizado transcendente das experiências musicais e teatrais com o Grupo Zabadá e com a Cia São Jorge.


O Homem Traça diz: ROAM!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Programa Criatura de Sebo 15




Bloco Música Popular Brasileira

1 – Jongo tradição
Lincoln Antonio - Ney Mesquita
Disco: Quintal
2003

2 – Tambú e Candangueiro
De: Kiko Dinucci
Por: Kiko Dinucci e Bando Afromacarronico
Disco: Pastiche Nagô
2008

3 – Samba da Manuela – Santo Antônio de Catigeró
De: Kiko Dinucci e Jonathan Silva
Por: Jonathan Silva
Disco: Benedito
2007

4 – Dois Jongos
De: D.P.
Por: Clementina de Jesus
Disco: Clementina de Jesus - Convidado Carlos Cachaça
1975

5 – Batuque de Pirapora - Depoimento
De: Geraldo Filme
Disco: Ensaio
1992

Bloco Música Instrumental

6 – Água de coco
Papete
Disco: Água de coco
1980

7 – Toque de Mestre
De: Dinho Nascimento
Por: Orquestra de Berimbau do Morro do Querosene
Disco: Sinfonia de Arame
2010

8 – A última sessão de música
Milton Nascimento
Disco: Milagre dos Peixes
1973

9 – Bitucada
Paulo Moura
Disco: Mensagem
1968

Bloco Progressivo

10 – A outra face
De: Pedrão e Pedrinho
Por: Som nosso de cada dia
Disco: Snegs
1974

11 – Cabala
De: Flávio Venturini – José Geraldo – Murilo Antunes
Por: O Terço
Disco: Casa Encantada
1976

12 – Sete de Ouro
De: Vinícius Cantuária – Bixo da Seda
Por: Bixo da Seda
Disco: Bixo da Seda
1976

13 – Mercado das Flores
De: Maurício Costa – Geraldo carneiro
Por: A Barca do Sol
Disco: Pirata
1979

Bloco Rolê pelo Mundo

14 – En Passant Par Lyon
La Bamboche
Disco: Née De La Lune
1980
França

15 – Maria
Corpo Diplomático
Disco: Música Moderna
1979
Portugal

16 – Black tears
The Witch
Disco: Lazy Bones!!
1975
Zambia

17 – A2
Cambodian Rocks
Disco: Love, Peace & Poetry - Asian - Volume 3
2000
Camboja

Bloco Prateleiras Amigas


18 - Something On Your Mind
Karen Dalton

Disco: In My Own Time
1971

19 – Ride, Ride
Anne Briggs
Disco: The time has come
1971

20 – This Flight Tonight
Joni_Mitchell
Disco: Blue
1971

21 – Go Dancing: go dancing
Ptarmigan
1974

*****************************

O Homem Traça diz: ROAM!