sábado, 20 de novembro de 2010

Tambor de Crioula do Mestre Felipe - 1996

01-Cheguei
02-Pedreira
03-Boi bom caminhador
04-Tu já vai Maria
05-Maranhão sou eu
06-Mangueira
07-Parou pra quentar
08-Na igreja
09-Se tu vai me leva
10-Poeira-Adeus-Vou saindo
11-Vila de São Vicente-Galo boiou

***********************************

O Tambor de Crioula ou Punga é um brinquedo tradicional brasileiro,  seu canto e dança tem origem no período escravocrata. É praticado ainda hoje, mormente, por  afrodescendentes no estado do Maranhão. A dança realizada pelas mulheres, que se revezam no centro da roda, é marcada por evoluções e rodopios sensuais com atenção dirigida aos tambores, que  embalam com o batuque dos "coreiros" o canto coletivo.

A prática do Tambor de Crioula se dá por ocasião de: pagamento de promessa para São Benedito; festa de aniversário; chegada ou despedida de parente ou amigo;  comemoração pela vitória de um time de futebol; nascimento de criança; matança do Boi no bumba-meu-boi; festa de preto velho ou simples reunião de amigos. Portanto, não existe um dia determinado no calendário para brincar. Embora atualmente, o Tambor de Crioula seja visto com maior freqüência no carnaval e durante as festas juninas.

O improviso em torno da repetição do coro é uma das características das toadas. Os temas giram em torno da auto-apresentação, louvação aos santos protetores, sátiras, homenagem às mulheres, desafio de cantadores, fatos do cotidiano e despedida. 
Felipe Neves Figueiredo (nome de batismo), nasceu em 6 de Junho de 1924, numa família de "coreiros" em São Vicente de Férrer, na Baixada Maranhense, região rica de tradições negras. Em 1947 mudou-se para São Luís, retornando logo em seguida para sua terra.  Em São Luís iniciou um trabalho de oficinas (1979) no Laborarte, transmitindo assim seu saber para as novas gerações. Aos 84 anos de idade, brincante desde os 3 anos, Mestre Felipe nos deixou para animar terreiros mais elevados.

O Homem Traça diz: ROAM!



Tu já vai Maria

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Musikantiga Vol.2 - 1968
Postagem original: 20/12/08

Capa do CD

Capa do LP

1 - Courtly Masquing Ayres (Arias dos reais bailes de máscaras)
John Adson (?-1640)
2 - Ricercare del 12° tono
Andrea Gabriel (1510-1586)
3 - Recercada sétima
Diego ortiz (princ. sec. XVI)
4 - Canzon a 5
Wlliam Brade (1560-1630) 
5 - 6 danças
Pierre Phalèse (sec. XVI)
6 - Reingentanze (Dança da chuva)
Michael Praetorius (1571-1621)
7 - Concerto em lá menor para Flauta Doce
Antonio Vivaldi (1678-1741)
8 - Triosonata em lá menor para Flauta Doce 
Georg Phillip Teleman (1681-1767)


Músicos

Ricardo Kanji - Flautas doces, krummhorn, rauschpfeife, corneto
Milton Kanji - Flautas doces, krummhorn
Sandino Hohagen - Flautas doces, kortholt
Roberto Bumagny - Flautas doces, krummhorn
Abel Santos Vargas - Flautas doces, krummhorn
Dalton de Luca - Violas de gamba, soprano e baixo
Fernando Tancredi - Fagote
Beatriz Ferreira Leite - Cravo
Claudio Stephan - Percussão

**********************************************************

A pedido do Vevé de Fortaleza...

O Homem Traça diz: ROAM!! 



Triosonata em lá menor para Flauta Doce


quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Noite cheia de estrelas - Deo Lopes - 1993


01 - Noite cheia de estralas
Cândido das Neves
02 - Praça Ramos
Wandy Doratiotto
03 - Relação natural
Déo Lopes - Zeca Bahia
Canta: Ná Ozzetti
04 - A resposta
Déo Lopes
05 - Toadinha cabocla
Aldy Carvalho
06 - Sorriso da Neguinha
Déo Lopes
07 - Conquistei a Lua
Ana carvalho
Linda garota
Francisco Paiva - Ivaldo Donato
08 - Incelença para o amor retirante
Elomar
09 - As tres estrelas
Irene Portela
10 - Coisas da minha terra
João Dias Carrasqueira
11 - Açude encantado
Waldir da Fonseca - Carles
12 - Bola de prata
Seu Gerey - Rec. p/ H. Villa

Músicos
Zé Otávio Scharlach - Mônica Lucas - Toninho Carrasqueira - Milton Edilberto - Aldy Carvalho - Preta - Cal Alves - Renato Lemos - Bilo - Mário Manga - Claudia Lemos - Wandy Doratiotto - Dinho Nascimento - Marta Mursa - Tião Carvalho -Duo Fel - Dante Ozzetti - Dráuzio Chagas - Eli Roy

**********************************

A poesia e a boa música emanam a cada faixa, a cada encontro feliz com as estrelas convidadas desse disco, último vinil do Déo. Depois vem Trem de Viração.

O Homem Traça diz: ROAM!

Açude encantado

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Voar - Deo Lopes - 1981
Postagem original: 28/06/08



01 - Canto de agora
Ronaldo Rayol - Déo Lopes
02 - Voar
Toninho Veríssimo - Déo Lopes
03 - A química e o drama
Déo Lopes
04 - Pés no chão
Ronaldo Rayol - Pérsio Lorenci
05 - A lua é de Luiza
Déo Lopes - Toninho Veríssimo
06 - Larissa
Déo Lopes
07 - Dia de Festa
Irene Portela
08 - Herança
Déo Lopes - Ronaldo Rayol
09 - Nos olhos da serra
Teco - Fuchs - Eclis Damaceno
10 - Um bom partido
Samuel Batista - Déo Lopes
11 - Tassiana e Rafael
Déo Lopes - Ronaldo Rayol
12 - Retratos
Déo Lopes

Músicos
Célio Piazza - Cesar Assolant - Mário Biafra - Halter Maia - Heraldo - Fernando - Gianni - Chermont - Ná Ozzetti - Dante Ozzetti - Mário Lúcio - Marta Ozzetti -
Márcia Violani

Nas composições em parceria Déo Lopes aparece como letrista

*********************************


Atendendo a pedidos, eis mais um do Déo que sai das nossas prateleiras para roídas no mundo virtual. Embora seja muito bonita a contribuição de Ná Ozzetti na canção "Tassiana e Rafael", destaco "Canto de agora" pra reafirmar a importância de cantar sempre!

O Homem Traça diz: ROAM!

Canto de agora