quinta-feira, 28 de março de 2013

Instrumental - Mara do Nascimento - 1982


01 - De Mim 
Mara do Nascimento
02 - Até Que Enfim 
Mara do Nascimento
03 - Sujeito a Mudança
Mara do Nascimento
04 - Sai Que Lá Vai 
Mara do Nascimento
05 - Meus Meninos 
Mara do Nascimento
06 - De volta pra casa 
Mara do Nascimento
07 - Nós todos 
Mara do Nascimento
08 - Baião dos doidos 
Mara do Nascimento
09 - Conversa 
Mara do Nascimento - Carlos Munhoz
10 - Momento 
Mara do Nascimento
11 - Aqui entre nós 
Mara do Nascimento


Músicos
Mara do Nascimento - Gilson Peranzzetta - Lena Horta - Flávio Fontenelle - Edson Queirós de Andrade - Antonio Sampaio - Ezequiel Lima - Arlindo Polizzi Filho - Jose Geraldo - Eduardo Delgado - Antonio José - Lydstone do Nascimento - Yuri Popoff - Rogério Bueno Neves - Paulo Cesar Carvalho - Carlos Munhoz - Edson Queirós de Andrade - Francisco Antonio Bicalho - José Maria Florencio Jr. - Marcelo Morais - Olga Buzza - Paulo Angelo Sampaio Florencio - Paulo Cesar Martins Rabelo - Sergio Arrais - Yara Vieira - Yuri Popoff - Claudia Regina Prates Climberis

*****************************

Mara é de Belo Horizonte, começou a ouvir e fazer música com seus três irmãos, em serenatas e reuniões familiares. Aos 14 anos, ela começou a compor e participar de festivais. Por meados dos anos 1970  formou um duo com Marcus Vianna. Seu primeiro álbum foi gravado em 1981, "Todas as Vozes", junto com Flávio Fontenelle e Gilson Peranzzetta, misturando temas instrumentais e canções. O LP "Instrumental" define a sua opção pela música sem palavras, com esse repertório diversificado, onde a música brasileira cruza com o jazz, recebeu elogios da imprensa nacional.

Destaco "Baião dos doidos", pegada poderosa dessa compositora e violonista!

O Homem Traça diz: ROAM! ROAM!



Baião dos doidos 

sábado, 23 de março de 2013

Pacanto - 1999 - Totó La Momposina




01. Pacantó
02. Goza Plinio Sierra
03. Milé (El hombre borracho)
04. Acompáñala
05. La ripiá
06. La cumbia está herida
07. Chambacú 
08. Repárala 
09. Pozo brillante 
10. Así lo grita Totó 
11. La paloma
12. Bozaá y media (La acabación) 
13. Oye mamita 
14. El perro magangueleño 
15. Mami watá


********************

Tambores e flautas, canto de mestre e de resposta, chacoalhar incontido, cúmbia, tambores e canção: é Colômbia, índia e negra. 

O Homem Traça diz: ROAM!

 

La ripiá

sexta-feira, 22 de março de 2013

Programa Criatura de Sebo 02 



Bloco Música Popular Brasileira 
1 – Maribondo 
Marlui Miranda 
Disco: Olho d’água 
1979 

2 – Tripa de Peixe 
Luli e Lucina 
Participa Tetê Espíndola 
Disco: Yorimatã, o amor de mulher
1982 

3 – Arreuni 
De: Chico Maranhão 
Por: Doroti Marques 
Disco; Erva Cidreira 
Ano: 1980 

Bloco Música Instrumental 
4 – Aqui entre nós 
Mara do Nascimento 
Disco: Instrumental 
1982 

5 - Fuoco- Libra Sonatine 
De: Roland Dyens 
Por: Badi Assadi 
Disco: Solo 
1994 

6 - Suite part 1-memorias do porvir part 2. Visões do amanhecer 
Joyce/Maurício Maestro e Naná Vasconcelos 
Disco: Visions Of Dawn 
1976 

Bloco Progressivo 
7 – Somos la flor 
Sintesis (Banda Cubana, poemas de Neruda) 
Vocal e órgão”: Silvia Acea 
Disco: Em busca de una nueva flor 
1978 

8 – Trip to the fair 
Renaissance 
Disco: Scheherazade And Other Stories 1975 

9 - Brilho Da Noite 
De: Barca do Sol 
Por: Olivia Byington 
Disco: Corra o Risco 
1979 

Bloco Giro no Mundo 
10 - Nibo 
Marta Jean Claude 
Disco: Canto Popular de Haití 
1980 

11 – Pozo Brillante 
Totó La Momposina 
Disco: Pacantó 
1999 

12 - Eu Num É Doutô - Desaforo - Carnero Tá Na Serra 
Jongo da Serrinha 
2002 

Bloco Prateleiras Amigas 
13 – For Suki 
Fear Itself 
Vocal: Ellen MCil Waine 
1968 

14 - Summertime 
De: Heyward - Gershwin 
Janis Joplin end Big Brother end Rolling Company 
Disco: Chep Thrills 
1967 

14 - O superman (for massenet) 
Laurie Anderson 
Disco: Big Science 
1982 

15 - Touch Me 
Plastic Ono Band 
Compacto: Power to the people 
1971

*******************

O Homem Traça diz: ROAM!


sábado, 9 de março de 2013

Big Science - Laurie Anderson - 1982


1 - From the Air
2 - Big Science
3 - Sweaters
4 - Walking & Falling
5 - Born, Never Asked
6 - O Superman (For Massenet)
7 - Example #22
8 - Let X=X
9 - It Tango 

************************

Esse é o disco de estreia dessa artista que, acima de tudo é uma experimentalista. Ela mistura recursos eletrônicos a uma musicalidade que junta ocidente e oriente. Alguns podem extranhar, mas assim mesmo a faixa "O Superman" figurou nas paradas de sucesso do Reino Unido àquela época. O Disco é minimalista e marcado pela poesia, a palavra, recursos eletrônicos e crítica. A produção desse disco influenciou outros estilos mais recentemente, como no caso da faixa "From the Air", que descreve o vôo final (fatal) de um avião sobre Nova York, usada num Rap, repercutiu politicamente em relação o 11 de setembro de 2001 deles.

Quer saber mais, vá à fonte: aqui. Eu fico hipnotizado com esse som e destaco Sweaters, pois é um bom exemplo do que essa Traça disse acima.

O Homem Traça diz: ROAM!



Sweaters

Porque sim, porque não? - Luli e Lucina - 1992
Postagem original: 21/04/2008




01 - Porque sim, porque não?
Luli e Lucina
02 - Flowers end Pleasures
Luli e Lucina
03 - Eu e você
Luli e Lucina
04 - Cantei com o baiano
Luli e Lucina
05 - Quando a viola bota as coisas no lugar
Pedro Borges - Luli e Lucina
06 - E ama
Luli e Lucina
07 - Fala
Luli - João Ricardo
08 - Cargueiro Japonês
Luli e Lucina
09 - Jamaicana
Darling Carey Arkin - Versão: Luli e Lucina

Músicos
Luli - Lucina - José de Arimatéia - Décio Gioielli - Fernanda Porto - Ney Marques - Chica Brother - Paulo Oliveira

****************************

"Há muitos anos o público brasileiro ouve os sucessos que Luli e Lucina compõem para cantores consagrados e se encanta com seus shows. Neles a música é apresentada com um jogo cênico de magia e lirismo. Luli e Lucina têm 20 anos de carreira e trazem em sua música magia primitiva, influências da umbanda, inspiração ecológica e elementos da música erudita. Suas composições podem ser definidas como bossa-nova, rock, balada ou outros gêneros, mas o que as destaca de outras cantoras é o uso sempre surpreendente, de suas vozes quentes e emocionadas.

Mas não é só a música que encanta em seus shows. O jogo lúdico com a platéia e o visual colorido são carinhosamente elaborados e os instrumentos são feitos especialmente para elas; criam oficinas de criatividade musical e pesquisam ritmos primitivos. Com cinco elepês gravados, Lu e Lucina criaram um espaço próprio dentro da música brasileira." Texto do encarte.

O Homem Traça diz: ROAM!



Eu e você

sexta-feira, 8 de março de 2013

Yorimatã, o amor de mulher - Luli e Lucina - 1982


01 - Amor de mulher 
Lucina
02 - Semente
Luli - Lucina
03 - Lua da noite
Julia
04 - Terra e lua 
Luli
05 - Primeira estrela 
Sônia Prazeres - Luli - Lucina
06 - Sina cigarra 
Luli - Lucina
07 - Alojá yon
Luli - Lucina
08 - Iansã 
Luli
09 - Ponto de Oxum 
Luli - Lucina
10 - Índia Puri 
K.Bento - Luli - Lucina
11 - Tripa de peixe 
Luli - Marta Strauch
12 - Alojá Yang gira das ervas 
Mário Avelar - Luli, Lucina - M.Maria


Músicos
Lucina - Luli - Severo - Carlão de Souza - Nilson Chaves - Julia - Flor - Zé Gomes - Almir Sater - Marcio - Werneck - Tetê Espíndola - Jaime Santos - Celso Mendes - Jaburú - Tola - Alvaro Augusto - Silvano - 
Marta Strauch

*****************************

Esse é um dos discos que mais gosto dessa dupla. Um exemplo de miscigenação com viola e butuque do bom. As participações de Almir Sater tocando e Tetê Espíndola cantando são demonstrações das características boas dessa gente que faz melhor quando está junto. Destaco "Alojá Yang gira das ervas", quase um ponto com as riquezas verdes de cura, beleza e gostozura.

O Homem Traça diz: ROAM!



Alojá Yang gira das ervas 

terça-feira, 5 de março de 2013

Programa Criatura de Sebo - 01 - 2013




Bloco Música Popular Brasileira 

1 – Um canto de Trabalho 
De: Cacaso - Nelson Ângelo 
Por: Boca Livre 
Disco: Bicicleta 
Ano: 1980 

2 – Terra das Palmeiras 
Taiguara 
Disco: Imyra, Tayra, Ipy 
Ano: 1976 

3 – Que força é essa 
De: Sérgio Godinho 
Por: Dércio Marques 
Disco: Canto Forte
Ano: 1979 

Bloco Música Instrumental 

4 – Subindo a Rocinha
De: Luiz Bueno e Fernando Melo 
Por: Duofel 
Disco: Cores do Brasil 
Ano: 1990 

5 – Bebê 
Autor : Hermeto Pascoal 
Intérprete: Hermeto Pascoal 
Disco: A música livre de Hermeto Pascoal 
Ano: 1973 

6 – Ária – Cantilenas de Bachianas Brasileiras no 5 
De: Villa Lobos 
Por: Quinteto Armorial 
Disco: A 
Anos: 1978 

Bloco Progressivo 

7 – Lá Pernette 
Malicorne 
Disco: Malicorne 
1974 

8 – Tecnology and indrustry
Djam Caret 
Disco: The Ritual Continues 
Ano: 87/89

9 – Esfera 
A Bolha 
Disco: Um passo a frente 
Ano: 1973 

Bloco Rolê pelo Mundo 

10 – La Beata 
Vitor Jara 
Canto por travessura
1973 

11 – Mangueira 
Mestre Felipe 
Disco: Tambor de Criola de Mestre Felipe 
Ano: 1996 

12 – Understanding 
Black Sugar 
1971 

Bloco Prateleiras Amigas 

13 – Freedom of expression 
Disco: Trilha Vanishing Point 
Ano: 1971 

14 – I feel free 
Cream
Disco: Fresh Cream 
Ano: 1967 

15 – Manic Depression 
Jimmy Hendrix 
Disco: Are you experience 
1967 

16 – Cuando llegue el año 2000 
Los Gatos 
Disco: Seremos Amigos 
Ano: 1968 

****************************************

Pois é, não estava nos planos, mas o convite veio e respondemos: porque não?! Agora ampliamos as nossas prateleiras, seremos também um programa de rádio quinzenal. A Ana Fonceca e o Paulo Rams, batalhadores das artes (e das quebradas), apostaram e essa Traça vai realmente vos falar às terças-feiras - 21h, com muita fé na empreitada, via Rádio Sessions Brasil

Hoje é o debut, compareçam e ROAM

En busca de una nueva flor  - Sintesis - 1978


1 - Nueve ejemplares... No tan Raros 
2 - Ven a encontrarnos
3 - Primera noche
4 - Somos la flor
5 - Poema
6 -  En busca de una nueva flor 

Bônus
7 - Variaciones sobre un zapateo
8 - Elogio de la danza 

Músicos
Miguel (Mike) Porcel - Jose Maria Vitier - Carlos Alfonso - Ele Valdes - Silvia Acea - Eliseo Pino - Fernando Calveiro - Enrique Lafuente - Frank Padilla

*************************

O Rock Progressivo ganhou o mundo nos anos 70, em toda parte esse estilo, que mistura as tradições locais, com o erudito, o rock e até o jazz, é tão internacionalista quanto as lutas mais avançadas dos trabalhadores.

O Grupo Sintesis é um exemplo do progressivo sinfônico, não é a excelência, mas não fica atrás de muita coisa feita na época desse disco. O destaque são os arranjos e os timbres femininos nos vocais. Na faixa "Poema" temos a musicalização de um poema de Neruda, o que dialoga com a origem do grupo em 1975, quando unia teatro e música.

Destaco a faixa "Nueve ejemplares... No tan raros", um progressivo marcado pelo sintetizador e diversos climas, típicos dos grupos no final dos anos 70.

O Homem Traça diz: ROAM!



Nueve ejemplares... No tan raros

sábado, 2 de março de 2013

Pilão + Raça = Elza
Elza Soares - 1977


1 - Língua De Pilão
Elza Soares
2 - Enredo De Pirraça
Elza Soares e Gerson Alves
3 - Aldeia De Okarimbé
Aloísio, Cesar Veneno e Naval 
4 - Sombra Confidente 
Gerson Alves 
5 - Perdão Vila Isabel 
Elza Soares e Gerson Alves
6 - Perdão Amor 
Jorge Aragão e Neoci 
7 - De Pandeiro Na Mão
João Roberto Kelly 
8 - Só Tem Um Jeito Agora
Roberto Neves 
9 - Amor Aventureiro 
Mano Décio da Viola e Silas de Oliveira
10 - Compositor 
Rildo Hora e Sérgio Cabral 
11 - Prezado Amigo 
Rildo Hora e Sérgio Cabral 
12 - Só Uma Lágrima 
Acyr Pimentel 


*************************

Elza é uma exemplo de enfrentamento das adversidades impostas pelo sistema. Pra quem duvida, é só ler aqui. Exercite um tanto da sua empatia, caro ROEDOR. 

Em se tratando de música, ela iniciou carreira ainda no final dos anos 40, fez programas de calouro, foi puxadora de samba-enredo (a primeira mulher). Transita entre o samba, o jazz, o funk e pop em seus tantos discos desde 1961.

Deste disco destaco "Lingua de Pilão", composição própria que saúda seu povo.

O Homem Traça diz: ROAM!



Língua De Pilão