domingo, 24 de fevereiro de 2013

The aerosol grey machine
Van der Graaf Generator - 1969
Postagem original: 06/07/2009


1 - Afterwards
2 - Orthenthian St

3 - Running Back

4 - Into A Game

5 - Ferret and Featherbird

6 - Aerosol Grey Machine

7 - Black Smoke Yen

8 - Aquarian

9 - Giant Squid

10 - Octopus

11 - Necromancer


******************************
Há alguns dias minha amiga Estela me visitou e trouxe três LP's importados do Van der Graaf. LP's comprados a prestação, só levados pra casa após a última parcela. Durante a adolescência era comum ficarmos na mão dos lojistas de discos.

Enfim, Estela me trouxe suas novas contribuições ao Criatura de Sebo. Convenceu-me a postar essa banda com as seguintes afirmações: "você é o meu último amigo que
ainda gosta de rock progressivo" e "daí que já tem Van der Graaf em outros blog's, ainda não foi postado no Criatura". Comovido, cá estou eu roendo os belos trabalhos do VGG. Começemos pelo começo...

"O grupo se formou em 1967 enquanto seus integrantes estudavam na Universidade de Manchester. O trio era composto por Peter Hammill (vocais, guitarra), Nick Pearne (órgão) e Chris Judge (bateria e instrumentos de sopro). Eles conseguiram um contrato com uma gravadora, lançando apenas um compacto ("The People You Were Going To") antes de se separarem no final de 1969. Pearne foi substituído por Hugh Banton. No final de 69 um novo Van der Graaf Generator foi formado durante a gravação de um álbum que originalmente pretendia ser um lançamento solo de Hammill, "The Aerosol Grey Machine".

Algumas mudanças de formação (e no estilo do som do grupo, rotulado de obscuro e pesado) estabilizariam o Van der Graaf, que viajou em turnê intensa no começo dos anos 70. Em 1972 dificuldades financeiras minaram a carreira do grupo e Hammil seguiu carreira solo, apesar de seus antigos companheiros continuarem contribuindo com ele. No final dos anos 1970 o Van der Graaf passou por várias saídas e entradas de integrantes novos e antigos, o que ocasionalmente desestabilizou a carreira do grupo. A formação clássica de Hugh Banton, David Jackson, Guy Evans e Peter Hammill retornou em 2003. Esta reunião levou os músicos a considerarem o retorno de vez aos palcos."
(texto a partir da wikipédia) Mais informação, aqui!

O Homem Traça diz: ROAM!



Aerosol Grey Machine

7 comentários:

sexy disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Snug® disse...

Ótimo blog, seguirei de perto as sugestões aqui postadas...

Homem Traça disse...

Grato pela visita, fique à vontade!
Abraço

Anônimo disse...

Cara, Van Der Graff Generator é uma banda fantástica. Hoje está recebendo mais valor. Peter Hammill tem uma carreira sólida e imaginação fértil. Os instrumentistas são classe A, todos metidos em trabalhos ótimos.

Obrigado !!!!
Viva a Criatividade sem Molduras!!!

Homem Traça disse...

Moldura nunca mais!
Viva! Viva!

Sérgio Hortale disse...

Belo, magnífico, poético, palavras que descrevem o trabalho desta grande banda. É A banda.

Homem Traça disse...

Concordo plenamente!