domingo, 22 de janeiro de 2017

São Quixote - 1981

Postagem original: 18/12/2007



1 - São Quixote
(Cláudio Lucci - Zé Marcio Pereira)
2 -
Buon giorno, boy
(Cláudio Lucci - Zé Marcio Pereira)
3 -
Só para raros velhos
(Cláudio Lucci - Arnaldo Avileis Jr.)

4 -
Fumaça
(Cláudio Lucci)

5 - Livre demais
(Cláudio Lucci - Arnaldo Avileis Jr.)

6 -
Mea culpa
(Cláudio Lucci)

7 -
Mais um longo dia
(Diógenes Burani)

8 - Confraria (Cláudio Lucci)
9 - Cem anos de solidão
(Cláudio Lucci)

10 -
Soy Criatura
(Gerson Tatini - Cláudio Lucci)
11 -
Buenos Dias
(Cláudio Lucci)

12 -
América
(Cláudio Lucci)

Músicos
Lucci - violões e voz
Marsola - violões e voz
Tatini - contrabaixo e vocal
Burani - bateria, percussão e vocal

********************************************************


Ok, ok, sei que essa mordomia sonora um dia acaba, pois não há filão de lucro que os donos dos grandes meio de produção, os capitalistas, não queiram abocanhar! Mas enquanto isso, no submundo das traças internéticas...

Vejam vocês que esse disco está cotado a R$ 100,00 nos sebos por aqui e eu tenho um filé sem saber! Mas divido de bom grado e acho graça!

O disco em questão é uma produção independente, conta com 3 ex-integrantes do Moto Perpétuo, banda à qual pertenceu o "pop-star-romântico-oitentista
" Guilherme Arantes. Em minha humilde opinião de inseto o único fator desagradável em São Quixote é a faixa "Mais um longo dia", tendo a voz de Guilherme Arantes.

No mais, o estilo varia bastante, mas é marcado por um progressivo folk com sotaque italiano, misturado com MPB. Salada mista! O resultado é bem interessante, tem letras críticas e crônicas acerca de uma São Paulo italiana.

O Homem Traça diz: ROAM!

   

Só para raros e velhos

6 comentários:

Dom Jaime disse...

Caríssima traça de Sebo. Longa história do São Quixote na minha vida, mas vou resumir... Assisti o show e comprei esse LP (produção basicamente independente)em são caetano do sul no auditório Santos dumont. Alguns anos depois acabei por ir trabalhar com Cláudio lucci e Monica Marsola, que mantinham um cerntro cultural chamado Camerati em Sto André. O camerati virou selo musical e lançou vários cds.. entre eles gravações com: Eliete Negreiros, Bocato, Edvaldo Santana, Rumo, Duo Fel, Tete Spindola, Wisnik, Celso Pinxinga, Faiska, e tantos outros.... Tive uns 4 LPs do São quixote, que devem estar empoeirando na estante de alguma amigo distante. É um p... prazer reencontrá-lo... muito obrigado. Um bacho per tuti camerati. celiberto@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa noite,
Parabéns pelo blog, de ótima qualidade e bom gosto.
Vale a pena encontrar um site assim, passa-se horas e horas vendo o tempo passar pela janela do passado.
Porem, gostaria muitíssimo se possível, se você pudesse upar novamente este som do moto perpetuo, já que o link expirou, pois já ouvi o 1º e é muito bom.
Assim agradeço antecipadamente e novamente parabéns pelo trabalho.
Sucesso sempre!

Carlos Cardoso
Botucatu/SP

Homem Traça disse...

Valeu a presença!
Tá aqui novamente, esse delicioso disco.

Abraço

Claudia Halley disse...

Seu blog é muito bom, de muita qualidade! Eu não conheço nada disso, mas to adorando ouvir as faixas que vc coloca aqui.
beijo

Nelson disse...

valeu por essa peça rara. Procurei bastante e só achei aqui. ótimo blog... abração

emilio santos disse...

Muito obrigado pelo download Homem Traça! E concordo inteiramente com você, o vocal mais "xarope" e chatinho ficou a cargo do "breguinha refinado" Guilherme Arantes, que ao meu ver, o Moto Perpétuo teria ficado bem melhor com o vocalista deste grupo (São Quixote).