quinta-feira, 14 de julho de 2016

Vital Farias - 1978



01 - Canção em dois tempos (Era casa era jardim) 
Vital Farias
02 - O sobressalto 
Vital Farias - Livardo Alves
03 - Bate com o pé xaxado 
Vital Farias
04 - Bandeira desfraldada 
Vital Farias
05 - Via crucis da mulher brasileira 
Vital Farias - Livardo Alves
06 - Alice no curral das maravilhas 
Vital Farias - Salgado Maranhão
07 - Deixe de afobação 
Vital Farias
08 - Expediente interno 
Vital Farias
09 - Poema verdade 
Vital Farias
10 - Caso você case 
Vital Farias
11 - Ê mãe 
Vital Farias -  Livardo Alves
12 - Estudo nº 2 
Napoleon Coste

Participação
Tânia Alves

*******************************

Paraibano de Taperoá, estudou música no Conservatório de Música de João Pessoa, mudou-se para o Rio de Janeiro em 1975 e, em 1981, graduou-se pela Faculdade de Música. Sua obra é marcada pelos estilos musicais nordestinos e pela temática social. Com letras líricas e críticas à realidade enfrentada pelo povo brasileiro, por vezes foi impedido pela censura da ditadura militar de cantar certas canções. Esse é o seu disco de estreia, traz clássicos como "Canção em dois tempos (Era casa era jardim)", "Ê mãe" (gravado originalmente por Ari Toledo) e "Caso você case" (gravada para a trilha sonora da novela Saramandaia por Marília Barbosa).

O Homem Traça diz: ROAM!

 

Canção em dois tempos (Era casa era jardim) 



Nenhum comentário: