segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Via Láctea - 1979 - Lô Borges



1 - Sempre-viva
Lô Borges - Márcio Borges
2 - Ela
Lô Borges - Márcio Borges
3 - A Via-láctea
Lô Borges - Ronaldo Bastos
4 - Clube da Esquina Nº 2 
Lô Borges - Milton Nascimento - Márcio Borges
5 - A Olho Nu
Lô Borges - Márcio Borges
6 - Equatorial
Lô Borges - Beto Guedes - Márcio Borges
7 - Vento de Maio 
Telo Borges - Márcio Borges
8 - Chuva na Montanha
Fernando Oly
9 - Tudo Que Você Podia Ser
Lô Borges - Márcio Borges
10 - Olha o Bicho Livre
Paulinho Carvalho - Rodrigo Leste
11 - Nau Sem Rumo
Lô Borges - Márcio Borges

Participações
Solange Borges

Músicos
Paulinho Carvalho - Telo Borges - Fernando Oly - Hely - Robertinho - Aleuda - Claudio Venturini - Wagner Tiso - Toninho Horta - Lô Borges - Robertinho da Silva - Giancarlo - Vidal - Alves - Daltro - Eduardo - Murilo - Faini - Aizik - Lana - Paschoal - Walter - Biersantino - Penteado - Stephany - Marcelo - Lindemburgo - Márcio - Alceu - Macedo - Watson - Ana - Luiz Alves - Copinha - jorginho - Jaime - Vermelho - Flávio Venturini

************************

Esse é o segundo LP solo do Lô Borges. Sete anos após a estreia com o disco do "tênis" e o dueto no Clude da Esquina com Milton Nascimento, é um disco preenchido com o brilho das estrelas em cada faixa. Já um clássico, pertence ao universo criativo e sonoro do Clube da Esquina. Tem em seu repertório a primeira gravação com letra da faixa Clube da Esquina, a canção Equatorial que concorrera no Festival Estudantil da Canção de Belo Horizonte, o belo desabafo de separação de Vento de Maio e, sobretudo, as parcerias profícuas de Lô com seu irmão Márcio (um letrista cinematográfico).

Embora esse disco não seja nenhuma novidade na blogosfera, essa humilde traça compartilha da máxima que diz "de asa fechada ninguém voa", então cá está em nossas prateleiras esse disco de cabeceira.

O Homem Traça diz: ROAM!

 

A olho nu

3 comentários:

Veronica Silva disse...

"Vento de Maio" é uma das coisas mais belas do Lô. Maravilha de postagem!

Homem Traça disse...

É vero! Com a letra do Márcio Borges, é uma das canções de fim de relação mais bonitas da MPB.

Valeu pela visita, Verônica!

Abraço!

Veronica Silva disse...

Sem dúvida. Acho que faz par com "caso você queira saber". São intensas. haha :)