terça-feira, 24 de julho de 2012

Segredos Vegetais - Dércio Marques
1988
Primeira postagem: 26/03/08

Capa da primeira ediçãoCapa da segunda edição em 1993Capa da terceira edição em 1999


01 - Tema da flor da noite [Segredos]
Dércio Marques
02 - Tema do Canindé
Cecília Meireles - Diana Pequeno
03 - Tema do milho
Capenga
04 - Palhas de milho
Patinhas - Capenga
05 - Lambada de serpente
Cacaso - Djavan
Tema do milho
Capenga
06 - Avati, deus do milho e das flores
Dércio Marques
07 - Amarela flor do dia
Guru Martins
08 - Tema dos segredos
Dércio Marques
Tema da flor da noite (Epílogo)
Domínio Público
09 - Campo branco
Elomar
10 - Natureza oculta - Arco-íris
Miltinho Edilberto
11 - Bela pessoa
Nilson Chaves
12 - Segredos vegetais
Dércio Marques
13 - Umbela de Umbelas I
Hilton Acioli - Dércio Marques
14 - Umbela de Umbelas II
Hilton Acioli - Dércio Marques
15 - Tema das ervas
Illo Krugli - Ronaldo Mota
16 - Circo das ilusões
João Bá - Klécius Albuquerque
Cítara medieval
Dandô
17 - Tirana [Salamanca do Jarau]
Zé Gomes - André Gomes
18 - Marianinha
João Bá - Vidal França
19 - Segredos vegetais II
Dércio Marques
Se o meu jardim der flor
Zé Renato-Xico Chaves
20 - Vôo noturno
Dércio Marques
21 - Jojobaleia
João Bá - Dércio Marques
22 - Cantiga de ninar Arícia
Paulinho Farias
23 - Tema dos meninos de volta ao mar
Paulinho Farias
24 - Concerto de arames e pássaros [Passaramedonho]
Dércio Marques
25 - Tema da Jurema I
Domínio Público
26 - Peleja do sisal
Fábio Paes
27 - Canto do ipês amarelos
Guru Martins

Músicos
André Gomes - Clécius Albuquerque - Cao Alves - Carlos Lucena - Carrasqueira - Clara Allain - Cláudio Paulo Leal - Dércio Marques - Emílio (Tarancón) - Erivaldo - Fábio Paes - Fabinho (Placa Luminosa) - Fernando Gundlach - Ferragutti - Guimo - Hilton Acioli - Homero Martins - João Bá - José Kruel Gomes - Luisinho Assis - Manoel Pacífico - Miltinho Edilberto - Osvaldinho do Acordeon - Otávio Américo - Paulinho Farias - Sílvio Ferraz - Tota - Wânia Bomtempo

************************

Dércio Marques é daqueles artistas que transcendem facilmente os estereótipos fixados pelos grandes meios de comunicação. É uma criatura cuja criação está permeada pelo verbo compartilhar. Parte da apreciação do Homem simples e sua experiência com o meio, seja o intocado ambiente ou transformado pela ganância alheia.

Começou sua carreira, melhor dizendo sua "andança", apresentando-se ao lado da irmã Doroty. Nos anos 60 e 70 correu trecho pela América Latina pesquisando a cultura dos povos vizinhos e, ao divulgar a música brasileira, preencheu-se de uma poesia forte, calcada nas lutas cantadas por Silvio Rodrigues e Vitor Jara. Ajudou a mapear a música brasileira fecundada nos grotões esparramados pela nossa terra e fez parte do magnífico selo Marcus Pereira, onde lançou o primeiro disco em 1977, com o título de "Terra, vento, caminho".

Como produtor lançou a cantora Diana Pequeno e o violeiro Elomar. Seu canto sempre traz compositores e artistas de várias partes do Brasil e da América Latina, assim, é habitual ouvir em seus discos pessoas como Daniela Lasálvia, Kátia Teixeira, Elomar, João Bá, Luiz Perequê, Fábio Paes, Diana Pequeno, entre outros.

Segredos Vegetais
é um LP duplo, gravado entre 1985 e 1988, extremamente ousado pela temática mítica e preservacionista, a qual não exclui o Homem, além de ter arranjos belíssimos com vinhetas e canções entrelaçadas como cipós que se enroscam ao adentrarmos a mata.

O Homem Traça diz: ROAM! Aqui também!



Segredos Vegetais

4 comentários:

Tikuna72 disse...

Olá homem traça!

Peço que informe a senha do disco Boca Livre Bicicleta.

Um abraço e obrigado.

Homem Traça disse...

Olá Tikuna!

Agradeço a visita.
Não há senha para o arquivo do Bicicleta do Boca Livre.
Se tentar me explicar qual é o problema com exatidão, posso te ajudar melhor.

Abraços

Tikuna72 disse...

Estou tentando abrí-lo com o WinRar e entra um pedido para digitar senha para codificar o arquivo.

Agradeço sua atenção.

Homem Traça disse...

Que bom que você avisou. Aconteceu sem eu perceber. Vou trocar o arquivo, ok?!
Desculpe-me o transtorno.

Abraço