sábado, 9 de março de 2013

Porque sim, porque não? - Luli e Lucina - 1992
Postagem original: 21/04/2008




01 - Porque sim, porque não?
Luli e Lucina
02 - Flowers end Pleasures
Luli e Lucina
03 - Eu e você
Luli e Lucina
04 - Cantei com o baiano
Luli e Lucina
05 - Quando a viola bota as coisas no lugar
Pedro Borges - Luli e Lucina
06 - E ama
Luli e Lucina
07 - Fala
Luli - João Ricardo
08 - Cargueiro Japonês
Luli e Lucina
09 - Jamaicana
Darling Carey Arkin - Versão: Luli e Lucina

Músicos
Luli - Lucina - José de Arimatéia - Décio Gioielli - Fernanda Porto - Ney Marques - Chica Brother - Paulo Oliveira

****************************

"Há muitos anos o público brasileiro ouve os sucessos que Luli e Lucina compõem para cantores consagrados e se encanta com seus shows. Neles a música é apresentada com um jogo cênico de magia e lirismo. Luli e Lucina têm 20 anos de carreira e trazem em sua música magia primitiva, influências da umbanda, inspiração ecológica e elementos da música erudita. Suas composições podem ser definidas como bossa-nova, rock, balada ou outros gêneros, mas o que as destaca de outras cantoras é o uso sempre surpreendente, de suas vozes quentes e emocionadas.

Mas não é só a música que encanta em seus shows. O jogo lúdico com a platéia e o visual colorido são carinhosamente elaborados e os instrumentos são feitos especialmente para elas; criam oficinas de criatividade musical e pesquisam ritmos primitivos. Com cinco elepês gravados, Lu e Lucina criaram um espaço próprio dentro da música brasileira." Texto do encarte.

O Homem Traça diz: ROAM!



Eu e você

6 comentários:

Mary Helen disse...

Que saudades do Homem Traça...
volte logo!

DADO disse...

Que disco maravilhoso ! Obrigado pela postagem !
Dado

Homem Traça disse...

Seja bem vindo e fique à vontade, Dado!

Abraço

Anônimo disse...

Infelizmente não tem como roer mais essa beleza.
Se puder disponibilizar pra roer novamente, eu agradeceria muito!

aparelhagembrasil disse...

LINK ESTA OFF NOBRE AMIGO.

Homem Traça disse...

Opa, opa! Tá na mão! É só roer!